...

STF reinicia julgamento sobre porte de drogas para consumo pessoal

O Supremo Tribunal Federal (STF) dará sequência nesta terça-feira (2) ao julgamento que discute a descriminalização do porte de pequenas quantidades de drogas para consumo pessoal.

Inicialmente previsto para junho deste ano, o processo foi adiado devido às sessões dedicadas ao julgamento do ex-presidente Fernando Collor.

A análise da descriminalização do porte de drogas começou em 2015, porém, o julgamento foi suspenso após um pedido de vista do ministro Alexandre de Moraes.

O caso em questão trata da posse e do porte de drogas para consumo pessoal, classificado como uma infração penal de baixa gravidade, conforme estabelecido no Artigo 28 da Lei das Drogas (Lei 11.343/2006). As penas previstas para essa infração incluem advertência sobre os efeitos das drogas, prestação de serviços comunitários e medidas educativas, como participação em programas ou cursos sobre o uso de drogas.

Até o momento, três ministros – Luís Roberto Barroso, Edson Fachin e Gilmar Mendes – já apresentaram seus votos, todos eles a favor de algum tipo de descriminalização do porte de drogas.

O recurso em análise tem reconhecida repercussão geral, o que significa que sua decisão servirá como referência para todo o Judiciário brasileiro em casos similares. A retomada do julgamento desperta a atenção da sociedade e pode resultar em importantes mudanças na abordagem das questões relacionadas ao porte de drogas para uso pessoal no país. Com informações da Agência Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Recentes

Leia Também

Após ameaças da extrema direita Maria da Penha recebe proteção

Maria da Penha Maia Fernandes está recebendo proteção especial...

Taxação de compras internacionais de até US$ 50 é aprovada no Senado

O plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira (4) o...

Hoje é o prazo final para regularizar ou transferir título de eleitor

Hoje, quarta-feira (8), é o último dia para regularizar...
g