sábado, 18 de maio de 2024

Paratletas Capixabas do Programa Bolsa Atleta da Sesport Brilham com 10 Medalhas nos Jogos Parapan-Americanos

A representação do Espírito Santo nos Jogos Parapan-Americanos de Santiago 2023 foi marcada por uma conquista notável, com os paratletas capixabas obtendo um total de 10 medalhas, elevando o orgulho do estado em competições internacionais. As vitórias foram alcançadas nas disciplinas de atletismo, basquete em cadeira de rodas e natação, com três ouros, quatro pratas e três bronzes.

Os nomes de Bisa Silva, Jéssica Santana, Lorraine Aguiar, Marcos Vinícius de Oliveira, Maxcileide Ramos e Patrícia Pereira brilharam no pódio durante a competição, todos eles beneficiados pelo programa Bolsa Atleta da Secretaria de Esportes e Lazer (Sesport).

A natação se destacou, especialmente com Patrícia Pereira, que alcançou feitos notáveis representando o Brasil. Ela conquistou três medalhas de ouro e duas de prata, sendo a primeira a assegurar o ouro na natação nesta edição.

Os ouros vieram nas provas de 50 metros peito, revezamento 4×50 metros livre e revezamento 4×50 metros medley. As pratas foram frutos de seu desempenho nas provas de 50 metros livre e 150 metros medley.

No atletismo, o casal capixaba Marcos Vinícius e Lorraine Aguiar conquistou quatro medalhas. Marcos Vinícius alcançou duas pratas nos 100 e 400 metros, enquanto Lorraine Gomes conquistou dois bronzes nos 100 e 200 metros, ambos competindo na classe T12 (baixa visão).

A seleção brasileira feminina de basquete em cadeira de rodas, com as capixabas Bisa Silva, Jéssica Santana e Maxcileide Ramos, levou a medalha de bronze ao vencer a Argentina na disputa pelo terceiro lugar.

Os Jogos, iniciados em 17 de novembro e encerrados neste domingo (26) em Santiago, Chile, resultaram em um total de 343 medalhas para o Brasil, incluindo 156 ouros, 98 pratas e 89 bronzes, colocando o país no topo do quadro geral de medalhas, à frente dos Estados Unidos, que conquistaram 166 medalhas (55 ouros, 58 pratas e 53 bronzes). Este resultado superou os recordes anteriores de ouros e pódios da edição de Lima 2019, com 124 medalhas de ouro e 308 no total.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe

Recentes

Leia Também

Seleção de vôlei estreia com vitória na Liga das Nações Feminina

A seleção brasileira de vôlei iniciou a disputa da...

Jogos de Paris: equipe de natação contará com 18 atletas

A equipe de natação do Brasil para a próxima...

Enem 2024: provas acontecerão em 3 e 10 de novembro

O cronograma do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)...

Tenistas Bia Haddad, Thiago Wild e Marcelo Melo vencem estreias em Roma

O tênis brasileiro teve 100% de aproveitamento em estreias...
g