sábado, 18 de maio de 2024

Proteja as crianças do risco de acidentes com a rede elétrica; veja como

Cuidado e atenção, seja dentro ou fora de casa é importante estar atento às movimentações da criançada. O reforço de cuidados para evitar acidentes com energia elétrica, por exemplo, é uma das ações indispensáveis para cuidar dos pequenos.

Em 2020, o Anuário Estatístico de Acidentes de Origem Elétrica registrou 66 mortes em todo o país. Em 2021 os indicadores baixaram para 61 mortes e chegaram a 55 no ano passado.

Em relação aos números de 2022, ocorreram 13 acidentes fatais com crianças entre 0 e 5 anos. Outras 13 mortes foram computadas na faixa etária dos 6 aos 10 anos. Já os jovens entre 11 e 15 anos correspondem ao maior número de fatalidades, com 29 registros.

Diante deste cenário a EDP, distribuidora de energia elétrica do Espírito Santo, destaca algumas orientações de segurança para dentro de casa. Uma delas é a atenção especial para as instalações internas dos imóveis. É importante manter em dia a manutenção da fiação e equipamentos elétricos, além disso evitar excesso de equipamentos plugados em uma mesma tomada ou ligações improvisadas.

É válido lembrar ainda que o uso do celular e tablet ligado na tomada é um risco à vida, já que pode provocar incêndio ou choque. Fios e equipamentos elétricos ligados devem estar sempre longe do alcance das crianças, assim como as tomadas protegidas.

Leia também:

Escolas de Vila Velha trocarão sirenes por músicas para não incomodar alunos autistas

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe

Recentes

Leia Também

g