sábado, 25 de maio de 2024

Escolas de Vila Velha trocarão sirenes por músicas para não incomodar alunos autistas

Todas as escolas do ensino público e privado de Vila Velha deverão trocar as famosas sirenes por músicas suaves para reduzir o incômodo causado a alunos com transtorno do espectro autista (TEA).

O barulho das sirenes, que avisam os horários de mudanças de professores em salas de aula, recreio ou lazer, foi apontado como um instrumento que dificulta a adaptação de crianças autistas.

A lei nº6.881, de 30 de junho de 2023, de autoria do vereador Devanir Ferreira (Republicanos), aprovada pela Câmara Municipal, foi sancionada pelo prefeito, Arnaldinho Borgo (Podemos), e, com isso, as escolas têm até o início de 2024 para se adaptarem.

TEA

O transtorno do espectro autista (TEA) se refere a uma série de condições caracterizadas por algum grau de comprometimento no comportamento social, na comunicação e na linguagem, e por uma gama estreita de interesses e atividades que são únicas para o indivíduo e realizadas de forma repetitiva.

Entre as características estão a dificuldade para interagir socialmente, como manter o contato visual, identificar expressões faciais e compreender gestos comunicativos, expressar as próprias emoções e fazer amigos. Além disso, há dificuldade na comunicação, caracterizado por uso repetitivo da linguagem e para iniciar e manter um diálogo.

Leia também:

Pessoas em situação de rua farão curso de garçom na Serra

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe

Recentes

Leia Também

g