sábado, 18 de maio de 2024

Vai tirar CNH? Candidatos ganham tempo extra para fazer documento; confira

O ano novo começou com boa notícia para mais de 2 milhões de pessoas que sonham em tirar a  Carteira Nacional de Habilitação (CNH). É que o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) estabeleceu novo prazo para quem ainda está em processo para obter o documento.

De acordo com a deliberação 271 de 26 de dezembro de 2023, os candidatos têm até 31 de dezembro de 2024 para alcançar a habilitação nas categorias desejadas. O documento foi assinado pelo presidente do órgão e ministro dos Transportes, Renan Filho.

Tradicionalmente, os candidatos têm um prazo de 12 meses para realizar todos os exames, aulas e provas necessários para a obtenção da habilitação. Contudo, durante a pandemia da Covid-19, o prazo foi dilatado por conta das medidas de distanciamento. A data final seria no último 31 de dezembro de 2023.

Porém, o Contran decidiu estender agora até o final deste ano. Isso é válido para todos os processos de habilitação ativos nos órgãos e entidades executivos de trânsito dos Estados e do Distrito Federal e também estende para quem deseja adicionar categoria na CNH.

Como tirar CNH

O processo para se tornar um condutor abrange diversas etapas, desde exames médicos até aulas teóricas e práticas, culminando em provas realizadas junto ao Detran para a obtenção ou inclusão de novas categorias na CNH.

O procedimento para obter a CNH no Brasil é composto por sete etapas fundamentais:

  1. Inscrição na autoescola: O candidato deve se inscrever na autoescola da sua cidade, preenchendo um formulário e pagando a taxa de inscrição.
  2. Exame médico e psicológico: Após a inscrição, o candidato realiza exames médicos e psicológicos para avaliar sua aptidão física, mental e sua compreensão das leis de trânsito.
  3. Curso teórico – CNH: Todos os candidatos devem participar de um curso teórico obrigatório, com duração mínima de 45 horas-aula, abordando temas como legislação de trânsito, direção defensiva, primeiros socorros e meio ambiente.
  4. Prova teórica: A prova teórica, composta por 30 questões de múltipla escolha, é a avaliação final do curso teórico, sendo necessário acertar pelo menos 21 questões para aprovação.
  5. Aulas práticas: Candidatos à CNH para carros (categoria B) devem realizar aulas práticas com um instrutor credenciado, abordando diversos aspectos da direção.
  6. Prova prática: A prova prática, realizada em um circuito fechado, é a avaliação final das aulas práticas, exigindo o cumprimento de todos os requisitos para aprovação.
  7. Emissão da CNH: Após a aprovação na prova prática, o candidato recebe sua CNH, válida por um ano no caso da primeira habilitação (Permissão Para Dirigir) para a categoria B.

O custo para obter a carteira de motorista varia de estado para estado. Em geral, o valor total fica a partir de R$ 2 mil no caso de motos, considerando custos para autoescola. Em relação às taxas, no caso do Departamento de Trânsito de São Paulo (Detran-SP), o candidato deve se preparar para pagar pelo menos R$ 477,76.

O exame médico, fundamental para avaliar a aptidão física e mental, requer o pagamento direto ao médico indicado, sendo R$ 116,69. Em caso de pessoa com deficiência, o valor é diferenciado, fixado em R$ 85,57. A avaliação psicológica, realizada por um profissional designado, tem um custo de R$ 136,14.

O processo inclui ainda aulas teóricas e práticas, cujos valores são determinados pela autoescola. A taxa Detran-SP para o exame teórico, pago em bancos conveniados ou Casas Lotéricas, é de R$ 48,62. O mesmo valor se aplica à taxa para o exame prático. Já a taxa de emissão e envio pelo correio da Permissão para Dirigir, também a ser paga em bancos conveniados ou Casas Lotéricas, é de R$ 127,69.

*Por CNN

Veja também:

Prazo para pedir dispensa de prova do Enade 2023 já começou

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe

Recentes

Leia Também

Mais de 98% dos territórios quilombolas no país estão ameaçados

Levantamento inédito do Instituto Socioambiental (ISA) em parceria com...

País teve 230 mortes de pessoa LGBTI+ em 2023

Em 2023, morreram de forma violenta no país 230...

Papa recebe demandas de adolescentes sobre crises climáticas

Maria Helena Garrido, 17 anos, viveu de perto a...

Greve: governo se reúne com categorias nas universidades

O Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços...
g