...

WSL 2023: Circuito Mundial de Surfe chega a Saquarema

Mais uma vez a WSL 2023 desembarca no Rio de Janeiro para a etapa de Saquarema do Circuito Mundial de surfe. O Circuito que começa nesta sexta-feira, 23, terá programação até o próximo dia 1º de julho.

Neste ano, os melhores surfistas do mundo estarão em ação pela oitava etapa da temporada. Em entrevista coletiva, nesta quarta-feira, 21, Filipe Toledo, campeão da etapa em 2018, 2019 e 2022, compartilhou sua expectativa para o Circuito:

“É muito bom retornar ao Brasil, para disputar uma etapa que traz muitas lembranças boas. Tive ótimos momentos aqui. Saquarema me traz confiança, mas tenho muito respeito por todos os surfistas e sei que será um evento mágico para todos. Frequento Saquarema desde criança. Acompanhei meu pai competindo lá. Vi meus ídolos competirem e tenho um carinho especial pelos locais”, declarou.

Além de Filipinho, outro brasileiro que também já conquistou título na etapa foi o mineiro Adriano de Souza, em 2017.

No feminino, apenas uma brasileira já levou o título, a surfista Andrea Lopes, em 1999. Neste ano, Tatiana Weston-Webb pode quebrar o jejum do Brasil na WSL Saquarema. As maiores vencedoras da etapa são as australianas Sally Fitzgibbons e Tyler Wright, com três títulos cada.

Também na coletiva, Tatiana Weston-Webb, que ocupa a quinta posição do ranking mundial feminino, destacou a importância do apoio da torcida: “Sinto um pouco mais de pressão por competir diante do nosso público. Mas isso é um privilégio, e é claro que eu gostaria de vencer como o Filipe. Toda vez que você fizer meia manobra a torcida já vai gritar, o que é muito legal, pois seus adversários estarão sempre pensando que você fez uma coisa demais, o que entra na mente deles”, declarou Tatiana Weston-Webb.

Outro brasileiro que está de olho no título é o potiguar Italo Ferreira: “Vencer na etapa do Rio seria muito marcante na minha carreira. As coisas sempre acontecem de forma difícil para mim, mas sempre busco [a vitória] embalado pela minha fé, como em 2019. Tenho três eventos para alcançar bons resultados e entrar no top-5 do ranking mundial. A hora de vencer é essa”, declarou o campeão olímpico.

A etapa Rio Pro acontece desde 1976, quando o Brasil recebeu pela primeira vez uma etapa do Circuito Mundial. Começou com o masculino e no ano seguinte também passou a receber o feminino. Até o ano de 2017, a disputa acontecia na Barra da Tijuca, quando passou para Saquarema, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro.

Leia também:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Recentes

Leia Também

Atleta capixaba vai representar o Brasil no Campeonato Sul-Americano de Atletismo Sub-20

Natural de Conceição da Barra, Edimara Alves representará o...

Mais capixabas conquistam vagas nas Paralimpíadas de Paris

O Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) divulgou, nesta quinta-feira (11),...

Estádio Kleber Andrade vai receber jogo entre Cruzeiro e Fortaleza

No dia 04 de agosto, o Estádio Estadual Kleber...
g