sábado, 25 de maio de 2024

“Jovem Perito”: projeto visa fortalecer interação entre Polícia Técnico-Científica e estudantes

Com o tema “Transformando vidas através da Ciência, da Justiça e da Educação”, o Projeto Jovem Perito é uma iniciativa para fortalecer a interação entre a Superintendência de Polícia Técnico-Científica (SPTC), da Polícia Civil do Espírito Santo (PCES), e os estudantes de todo o Estado.

O projeto, que integra o Plano Estadual de Segurança Escolar, tem como objetivo a interação entre os peritos e os alunos de escolas e universidades, a fim de se fazer presente no ambiente escolar e de promover a interdisciplinaridade entre os conteúdos estudados e o trabalho desenvolvido pela perícia criminal.

Visa também divulgar o trabalho realizado pela perícia capixaba, as técnicas científicas empregadas, além de estreitar a relação entre alunos e a Perícia Criminal da PCES, e mostrar que, com a educação, é possível se tornar um perito criminal, conscientizar e difundir a cultura de isolamento e preservação do local de crime. Inicialmente, o projeto vai atender estudantes dos Ensinos Fundamental II, Médio e Superior. Para tanto, é executado em quatro formatos:

Aos estudantes dos Ensinos Fundamental II e Médio, são ofertadas visitas técnicas nas dependências da Superintendência de Polícia Técnico-Científica (SPTC) e, no Jovem Perito Itinerante, os peritos vão até a escola e realizam palestra com o tema relacionado à perícia criminal, nas dependências da instituição interessada.

Aos estudantes de Ensino Superior, dos cursos de Farmácia, Biomedicina e Biologia, são ofertadas visitas acadêmicas nos laboratórios de Toxicologia e Biologia. Além disso, durante as ações do projeto, são ofertados aos alunos que não têm Carteira de Identidade a possibilidade de emitir a 1ª via, por meio do projeto Identidade Solidária.

O Projeto Jovem Perito pode ocorrer na sede da Superintendência de Polícia Técnico-Científica, situada no bairro Santa Luíza, em Vitória, onde são ofertadas demonstrações de perícia em cenas de crime e realizadas visitas aos laboratórios. Alternativamente, pode ser realizado de forma itinerante nas respectivas escolas. Nessa modalidade, além de uma cena de crime simulada, os peritos levam estações onde exemplificam como é a dinâmica pericial dentro dos laboratórios e seções.

O projeto recebe estudantes de todo o Estado, com exceção do Jovem Perito Itinerante, que, inicialmente, será desenvolvido na Região Metropolitana da Grande Vitória.

Se você é aluno dos Ensinos Fundamental II e Médio, tem interesse em visitar as dependências da PCES ou ter a presença da perícia na sua escola, peça ao seu professor que entre em contato conosco pelo e-mail [email protected].

Agora, se você é estudante do Ensino Superior dos cursos citados e deseja conhecer os laboratórios, peça ao seu professor para solicitar o agendamento da visita pelo e-mail [email protected].

Leia também:

Pacientes capixabas terão acesso a remédio à base de Cannabis pelo SUS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe

Recentes

Leia Também

g