...

Cidades capixabas: por que Apiacá?

Seguindo com nossa série pelos municípios capixabas, vamos desvendar a história por trás do nome da cidade de Apiacá, localizada na região sul do Estado.

Apiacá

Antes do município de Apiacá ser criado, haviam grandes expedições acontecendo em Minas Gerais e no Espírito Santo. Dessa forma, surge a história da região.

Os primeiros colonizadores da cidade, partindo de Limeira, uma localidade na freguesia de Itapemirim, navegaram pelo Rio Itabapoana e estabeleceram um assentamento na margem esquerda do rio. Esse núcleo populacional posteriormente evoluiria para o centro municipal que conhecemos hoje.

A fertilidade do solo da região desempenhou um papel importante ao atrair colonizadores, resultando em um fluxo de pioneiros que se dedicaram predominantemente ao cultivo de café.

Inicialmente denominado “Antônio Caetano,” o nome do distrito foi alterado para “Boa Vista” em 1911 e posteriormente modificado para “Apiacá” em 1943. Essa última designação foi inspirada por uma espécie de marimbondo conhecida por sua agressividade notória.

Reproduzido por Prefeitura de Apiacá

O município mantém uma identidade, até hoje, predominantemente católica, sendo que seus principais eventos têm natureza religiosa. Destaca-se a renomada Festa de Julho, que celebra a padroeira, Santa Ana. Essa festa atrai anualmente artistas de nível nacional e pessoas de todas as idades, contribuindo para a vitalidade econômica local.

O charme da cidade é realçado por sua beleza natural, rios, cachoeiras e o agroturismo, tornando-os atrativos turísticos proeminentes.

Leia também:

Cidades capixabas: por que Anchieta ?

 

Bruno Caetano
Bruno Caetano
Bruno Caetano é estudante de jornalismo, amante de histórias em quadrinhos, curioso desde pequeno pelo desconhecido e um grande observador de histórias reais, se encontrou na rua e nela se tornou poesia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Recentes

Leia Também

g