...

Capixabas vão gastar cerca de R$ 240 em presentes no Dia dos Pais

O Dia dos Pais será comemorado no próximo dia 13 e a lista de presentes preferidos para o seu melhor amigo é liderada por roupas, perfumes, cosméticos, calçados e acessórios, como meias, cinto, óculos, carteira e relógio. De acordo com dados da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Vitória, os capixabas devem gastar, em média, R$ 240 em compras.

Além disso, uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) apontou que 110,5 milhões de pessoas em todo o Brasil pretendem presentear neste ano, um aumento numérico de 8,7 milhões quando comparado ao ano passado, levando a uma movimentação de R$ 26,94 bilhões no comércio.

“Verificamos também que a maioria dos consumidores (76%) pretende pagar o presente à vista, principalmente no PIX e no dinheiro, e realizar as compras em lojas físicas, com destaque para os shoppings. Essa é a primeira data comemorativa do segundo semestre e sempre funciona como um termômetro para o setor sobre como serão as vendas de fim de ano”, comentou o presidente da CDL Vitória, Rogério Abranches Alcantara.

Pesquisas de preço

Segundo o levantamento da CNDL, oito em cada 10 consumidores pretendem pesquisar preços para economizar antes de fazer as compras do Dia dos Pais. Para 67% dos entrevistados que fizeram compras na data em 2022, os produtos estão mais caros este ano; 29% acreditam que estão na mesma faixa de preço; e 4% que estão mais baratos.

A pesquisa aponta ainda que 83% pretendem pagar os presentes sozinhos, enquanto o restante vai dividir o valor com irmãos, com o cônjuge ou com outros familiares. Entre os motivos de dividir o pagamento estão: dar um presente melhor/mais caro, reduzir os gastos ou porque os preços estão muito altos.

Lojas físicas serão os principais locais de compras

A maioria dos entrevistados (74%) pretende realizar suas compras nos canais físicos, principalmente em shoppings centers e lojas de departamento. Entre os que vão realizar as compras pela internet, a preferência é, sobretudo, por sites, aplicativos e Instagram.

Entre aqueles que farão as compras em sites e lojas online, 54% utilizarão os sites de varejistas nacionais, os demais nos varejistas internacionais, marketplaces e sites de lojas de departamento, respectivamente.

Quando se trata dos fatores que influenciam no local de compra: 50% destacam o preço e 39% as promoções e descontos, o restante se dividiu entre a qualidade dos produtos e o frete grátis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Recentes

Leia Também

g