...

OMS revela que doenças vasculares são a principal causa de morte no mundo

Dados recentes da Organização Mundial da Saúde (OMS) revelam que as doenças vasculares são a principal causa de morte em todo o mundo. No Brasil, essas enfermidades também apresentam um cenário alarmante, resultando em milhares de óbitos anualmente.

As doenças vasculares abrangem uma série de condições adversas que afetam os vasos sanguíneos, comprometendo o adequado funcionamento do sistema circulatório. Entre as principais enfermidades estão varizes, trombose, úlceras venosas, acidente vascular cerebral (AVC), doença arterial obstrutiva periférica, aneurismas, linfedema, problemas nas carótidas, varizes e pé diabético.

Essas doenças representam a maior causa de amputações não traumáticas no mundo e demandam longos períodos de ocupação de leitos hospitalares, além de tratamentos de alto custo.

O primeiro quadrimestre de 2022 trouxe uma alarmante constatação: o AVC liderou o ranking de mortes no Brasil, evidenciando a gravidade das doenças vasculares no cenário de saúde nacional.

Nesse contexto, a campanha “Agosto Azul Vermelho” surge com o objetivo de disseminar informações e, assim, salvar vidas. É essencial compreender que as doenças vasculares requerem monitoramento constante para evitar complicações que possam levar ao afastamento do trabalho, à perda de membros ou até mesmo à morte.

A prevenção continua sendo a melhor forma de enfrentar essas enfermidades. Hábitos simples, como praticar atividades físicas regularmente, abandonar o tabagismo, melhorar a alimentação e manter o peso equilibrado, especialmente para aqueles com histórico familiar, podem ser eficazes na redução dos riscos.

Principais Fatores de Risco:

  • Tabagismo
  • Colesterol alto, que pode levar à formação de placas de gordura nas paredes dos vasos sanguíneos
  • Hipertensão
  • Obesidade
  • Estresse
  • Diabetes
  • Histórico familiar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Recentes

Leia Também

Brasil sai do ranking dos 20 países com maior número de crianças não vacinadas

Em 2023, o Brasil alcançou significativos avanços na imunização...

Anvisa atualiza diretrizes de rotulagem nutricional

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou nesta...

Alerta: uso incorreto de lente de contato cega

Em menos de uma semana a estudante de veterinária,...

Brasil tem, em 6 meses, 6,1 milhões de casos e 4,2 mil mortes por dengue

O Brasil encerrou o primeiro semestre de 2024 com...
g