...

Dia Internacional da Juventude marca a iniciativa na participação política dos jovens no ES

O Dia Internacional da Juventude, celebrado anualmente em 12 de agosto, visa incentivar o protagonismo, diálogo e compreensão entre os jovens como representantes do futuro do planeta. Desde que a Organização das Nações Unidas (ONU) estabeleceu a data em 1999, a geração jovem global tem levantado cada vez mais sua voz e cobrado medidas políticas por parte de governos e empresas, estando em contato direto com esses representantes.

Iniciativas como a criação de espaços para pensar, planejar e articular as políticas voltadas para as juventudes ampliam esta representatividade. No Brasil, existem órgãos federais, estaduais e municipais que atuam integradamente no fortalecimento dos direitos desta causa. No Espírito Santo, a atuação é coordenada pelo Conselho Estadual da Juventude (CEJUVE).

Leonardo Brandão, de 21 anos, é um jovem ativista que atualmente faz parte da Comissão de Políticas Públicas para Jovens (PPJ) pela Comissão Estadual da Juventude (CEJUVE). Ele conta que sua motivação para ingressar no órgão era direcionar atenção para a juventude local do seu município.

“Queremos trazer atenção para o nosso município, que tanto desvaloriza a juventude aqui na região. Também pretendo deixar minha contribuição para as construções de políticas públicas para a cidade e trazer dignidade para nossos jovens. Sinto que no CEJUVE posso alcançar isso”, explica.

Com participação ativa nas discussões, Leonardo acrescenta que sua experiência como conselheiro tem sido uma fonte rica para o seu crescimento pessoal e social.

“O que mais apreciamos é o conhecimento que estamos adquirindo e a coesão presente entre todos. Trata-se de um ambiente genuinamente democrático e participativo, no qual todas as opiniões, comentários e ideias são valorizadas. O CEJUVE tem se revelado uma autêntica instituição de aprendizado para nós”, conclui Leonardo Brandão.

Nas eleições de 2022 foi lançado “O Pacto Estadual pelas Juventudes”. O documento é uma proposição do Conselho Estadual da Juventude (CEJUVE), que convida os candidatos ao Executivo Estadual, a Assembleia Legislativa e ao Congresso Nacional a ouvir, incluir e se comprometer com as políticas públicas de juventude em suas ações, incluindo programas com demandas dos jovens em suas plataformas eleitorais.

A iniciativa mostra com estes jovens estão evocando a implantação efetiva dos seus direitos, através destas discussões políticas e como o ativismo político na adolescência ou juventude é o caminho para moldar um futuro mais inclusivo, justo e sustentável. 

O estudante Wendell Renzo Ribeiro, de 18 anos, demonstra um profundo interesse por questões políticas sociais e encontra inspiração nos discursos proferidos por jovens influentes ao seu redor.

“Nós jovens, somos fontes de inspiração uns para os outros. Isto é o que nos fortalece. Devemos assumir papéis de protagonismo, que é algo que nos foi tirado algum tempo atrás, mas que agora estamos buscando reconquistar”, finaliza.

 

Bruno Caetano
Bruno Caetano
Bruno Caetano é estudante de jornalismo, amante de histórias em quadrinhos, curioso desde pequeno pelo desconhecido e um grande observador de histórias reais, se encontrou na rua e nela se tornou poesia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Recentes

Leia Também

Após ameaças da extrema direita Maria da Penha recebe proteção

Maria da Penha Maia Fernandes está recebendo proteção especial...

Taxação de compras internacionais de até US$ 50 é aprovada no Senado

O plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira (4) o...

Enem 2024: provas acontecerão em 3 e 10 de novembro

O cronograma do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)...
g