sábado, 25 de maio de 2024

Exposição “Protocolos para a [des]construção do corpo” inaugura atividades no Mucane

O Museu Capixaba do Negro “Verônica da Pas” (Mucane) inicia suas atividades com a exposição “Protocolos para a [des]construção do corpo”, do artista Geovanni Lima e curador Gilberto Alexandre. A mostra, que surge na necessidade de olhar para a prática ancestral do dia a dia de mulheres negras, abre nesta sexta-feira (29), às 19h.

“É importante essa exposição reinaugurar o museu, pois ela é um processo de honra a ancestralidade negra e o museu é fruto dessa ancestralidade negra”, disse o artista Geovanni.

Geovanni Lima é artista visual e performer, pesquisador e educador. Doutorando e Mestre em Artes Visuais pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), especialista em Artes na Educação (Faculdade de Vitória) e licenciado em Artes Visuais pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES).

A exposição

“Exposição testemunhal”, é assim que o artista se refere a sua primeira exposição individual. A exposição é um testemunho do processo de construção da identidade do artista. Relembrando os momentos em que se sentava à mesa com sua família, retomando ao processo de manuseio da carne, o respeito pelo animal que nutre e alimenta o corpo e o respeito a sua avó, que segundo o artista se coloca gigante no processo de construção social.

“A ideia desta exposição surge de um mergulho na cozinha da minha avó paterna e nos processos que eu vivenciei com ela durante a infância, na produção das latas de gordura que acondicionava a carne de porco e no processo de alimentação dessa comida, por minha parte e por parte da minha família.” disse

Um olhar para si

O artista deseja que as pessoas se envolvam com a exposição a partir de suas próprias vivências e ancestralidades.

“Existem algumas cenas cotidianas dessa exposição, alguns trabalhos, que lidam com materialidades que são comuns à constituição das pessoas negras, das pessoas racializadas de maneira geral. Então eu acho que diante das obras as pessoas vão poder acessar a si a partir do que proponho, de sentar a mesa, de olhar como somos construídos e de como nosso corpo é condicionado socialmente.” disse.

Exposição Protocolos para a [des]construção do corpo

  • Quando: Sexta-feira (29), às 19h
  • Onde: (Museu Capixaba do Negro Verônica da Pas – Av. República, 121, Centro, Vitória, ES
  • Entrada gratuita – Visitação até 29 de dezembro, das 9h às 17h

Leia também:

Partiu? Goiabeiras vai receber Festival da Moqueca Capixaba

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe

Recentes

Leia Também

g