...

Crise na Americanas pode diminuir fortuna de Lemann, estimada em R$ 72 bi

Jorge Paulo Lemann, o homem mais rico do Brasil, poderá ver sua fortuna de R$ 72 bilhões encolher, em razão da crise na  Americanas. A varejista informou, na última quarta-feira (10/1),ter identificado uma diferença contábil de R$ 20 bilhões em seu balanço. 

Lemann, Beto Sicupira e Marcel Telles são donos da gestora 3G, que detém cerca de 30% das ações da Americanas.

As informações são do Metrópoles.

O trio tem participação na varejista desde a década de 1980 e é sócio de outros negócios, como a fabricante de bebidas Ambev e a gigante de alimentos Kraft Heinz.

Ontem (11/1), as ações da Americanas caíram 77%. Em valor de mercado, isso representa uma perda de R$ 8 bilhões. Em uma conta simples, o trio do 3G viu seu patrimônio encolher R$ 2,6 bilhões em apenas um dia.

Mas a sangria da varejista não estará limitada à desvalorização das ações. Há uma questão numérica a resolver. Qualquer irregularidade contábil deverá ser lançada pela empresa em seus futuros balanços.

Se tiver que reconhecer uma baixa de R$ 20 bilhões, a Americanas ficará com um valor patrimonial negativo. Até ontem, a varejista era dona de ativos avaliados em R$ 14 bilhões.

Quando isso acontece, a empresa é obrigada, por regra contábil, a cobrir o buraco no valor patrimonial por meio de uma captação de dinheiro no mercado. Para isso, ela deve fazer uma nova oferta de ações, processo chamado de follow-on.

O follow-on poderia alcançar o volume de R$ 6 bilhões, segundo fontes do mercado. Se confirmada, será a maior arrecadação de recursos em uma oferta subsequente por uma companhia privada desde 2020.

“É bom lembrar que a empresa tem R$ 8,5 bilhões em caixa, então ela poderia sobreviver por mais alguns meses sem precisar buscar dinheiro no mercado. A Americanas não está insolvente. Mas a capitalização deve acontecer e os sócios atuais, principalmente o 3G, aumentarão a fatia na empresa”, explica uma experiente fonte do mundo financeiro.

A debandada nas ações da empresa mostra que o investidor pessoa física quer fugir dessa situação o mais rápido possível. Tudo indica, então, que o trio de brasileiros será a âncora da captação de recursos.

Via: https://www.agendadopoder.com.br/geral/crise-na-americanas-pode-fazer-fortuna-de-lemann-de-r-72-bi-encolher/

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Recentes

Leia Também

Estudo da OCDE analisa criatividade de estudantes em 64 países

Partindo do princípio de que o pensamento criativo é...

Monica Nitz lança curta-metragem nesta quinta-feira (6)

ChatGPT A artista plástica e documentarista Monica Nitz lança seu...

Maldito ex: livro revela os dois lados da moeda

Maldito Ex, a sequência de Querido Ex, coloca em...

Papa recebe demandas de adolescentes sobre crises climáticas

Maria Helena Garrido, 17 anos, viveu de perto a...
g