sábado, 25 de maio de 2024

China apresenta a rede de internet mais rápida do mundo

A China começou a implementar o que o país chama de “rede de Internet mais avançada do mundo”, que promete operar muito mais rápido do que as atuais.

A informação foi divulgada em uma conferência de imprensa durante esta semana pela fabricante de tecnologia Huawei e a China Mobile, em parceria com a Universidade Tsinghua, de Pequim, e a Cernet.

De acordo com a Huawei, a rede backbone — capaz de navegar a cerca de 1,2 terabits (ou 1,2 mil gigabits) por segundo — é rápida o suficiente para transferir dados de 150 filmes em um segundo.

Uma rede backbone é uma infraestrutura que move o tráfego da Internet para diferentes localidades, capaz de suportar transferências de dados de tecnologias como o 5G, além de veículos elétricos.

A nova rede possui 2,9 mil quilômetros de cabos de fibra ótica entre Pequim e o sul da China, conforme o comunicado de imprensa. Não foram divulgados detalhes sobre planos de expansão pelo país e outras regiões.

Essa velocidade, porém, não estará disponível nas casas dos consumidores tão cedo. No entanto, o serviço de Internet mais robusto e mais rápido terá implicações enormes para empresas, com transferências de informação mais rápidas, vantagens na negociação de ações e até para a segurança nacional.

A nova rede começou a ser testada no meio do ano e deve ser lançada dois anos antes da previsão dos especialistas.

A notícia vem na mesma semana em que o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, se reuniu com o presidente chinês, Xi Jinping, em São Francisco, após vários meses de tensão entre as duas superpotências.

Jinping declarou anteriormente que o desenvolvimento da rede tornará o país “uma potência cibernética” e “acelerará a promoção das principais tecnologias da Internet”.

Porém, como isso não se aplica às velocidades domésticas, e sim à infraestrutura da Internet, o lançamento não representa uma ameaça direta para os EUA, ao contrário da inteligência artificial (IA), dos semicondutores ou da tecnologia de redes sem fio. Poderia, no entanto, oferecer uma base para empresas da China, que exigiram uma banda muito larga.

Wu Jianping, professor de ciência da computação e tecnologia da Universidade Tsinghua, que supervisiona o projeto de Internet, explicou em comunicado à imprensa que o sistema, incluindo software e hardware, foi fabricado na China, produzido e controlado de forma independente.

Ele também a chamou de rede de “mais avançada do mundo”.

*Com informações da CNN Brasil

Veja também:

Backup do WhatsApp no Google Drive não será mais ilimitado; entenda

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe

Recentes

Leia Também

Como usar IA Gemini para resumir vídeos

O Gemini é um chatbot de inteligência artificial do...

Apple anuncia Novos recursos de acessibilidade para 2024

A Apple revelou novos recursos de acessibilidade que estarão...

10 estratégias para auxilar nas vendas online

O e-commerce se tornou um importante filão para o...
g