...

China perde seu robô explorador em Marte e segue sem notícias

A tecnologia está avançando a passos largos, com diversos países à frente desses avanços. E assim como os Estados Unidos, a China possui um rover explorando alguns lugares do espaço, como Marte, a fim de encontrar novidades que acrescentem para a Ciência. Porém, algo de inusitado aconteceu recentemente.

Em 2021, os chineses enviaram para Marte seu rover, conhecido como Zhurong. Durante o mês de maio de 2022, o robô precisou entrar no modo de hibernação, isso por conta do intenso inverno que acometia a região do planeta.

No dia 26 de dezembro do ano passado, o robô estava programado para sair desse modo e voltar a explorar, porém isso não aconteceu.

A situação do rover Zhurong em Marte

Até o presente momento, nenhuma das autoridades chinesas, nem mesmo a Administração Espacial Nacional da China (CNSA), deu um parecer publicamente para avisar sobre a situação do robô.

Porém, de acordo com o site South China Morning Post, duas fontes alegaram que a situação é verídica e que o rover até agora não fez mais nenhum tipo de contato com a base chinesa, algo que já deveria ter ocorrido.

Especula-se que a falta de contato seja consequência das tempestades que ocorreram no planeta, quando pode ter ocorrido de o robô ter ficado com seus painéis solares cobertos de poeira. Por esse motivo, Zhurong acabou não conseguindo encontrar nenhum tipo de energia para restabelecer contato com a Terra.

A diferença entre o rover chinês e o americano é que o americano funciona com uma bateria que dura 14 anos. Já o chinês funciona com energia solar. Portanto, no inverno marciano, as radiações solares estiveram muito baixas, impossibilitando-o de voltar a funcionar. Os chineses pensaram em soluções, porém, não seria possível colocar nenhuma em prática.

A China é o segundo país do mundo a enviar um rover para Marte, ficando atrás apenas dos Estados Unidos. Zhurong permaneceu ativo no planeta marciano por mais de um ano, onde cumpriu todas as suas tarefas. Inicialmente, ele teria uma estadia no planeta de apenas três meses.

Se os chineses de alguma maneira conseguirem restabelecer o contato com o rover, o robô ainda deverá continuar nas terras marcianas para explorar o lugar. Entretanto, dessa vez, o robô deve se dirigir para o sul do planeta. Agora, o que nos resta é esperar para termos mais informações sobre Zhurong em Marte.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Recentes

Leia Também

g